10 de abr de 2011

Fica o protesto.


Gente, hoje estive na Biblioteca Nacional de Brasília. O prédio externamente é muito bonito, considerando que o seu entorno também o compõe talvez seja uma das obras mais belas de Nemeyer. Contudo pára por aí. Se você vai numa biblioteca espera encontrar o quê? Livros, logicamente. E como ninguém mora na biblioteca é ainda mais natural querer levar o livro pra casa, para conseguir ler o texto em sua integridade. Pois bem, me dirigi ao balcão de atendimento para ouvir que:

a) Empréstimos não são permitidos, pois o sistema de segurança, com as fitas magnéticas e sensores, está em licitação;

b) Todos os livros da biblioteca são objeto de doação, ou seja, não existem livros novos, nem livros técnicos atualizados!

O prédio da biblioteca foi inaugurado em 2006! Ou seja, já se vão quase 5 anos e ainda não deu tempo de arrumar isto? Acreditem ou não, o piso da sala de informática estava só encostado no chão! Não tinha rejunte segurando o piso! Você andava e escutava o granito se movendo embaixo dos seus pés! Quer dizer, não tem dinheiro pra isso?

Sinceramente, a gente reconhece um país pelo investimento em educação que ele faz, e o Brasil, neste caso, está muito aquém do que se espera. Se uma biblioteca daquele porte monumental, com um projeto arquitetônico de qualidade, localizada no centro da capital do país e chamada de BIBLIOTECA NACIONAL não merecer o mínimo de atenção, então o que dizer das pobres escolas e universidades públicas?

E o pior é que tinha um número considerável de pessoas no lugar, então nem cabe mais aquela desculpa de dizer que o povo não freqüenta...mais um episódio lamentável...

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...