18 de jan de 2011

Meu, minha, meus, minhas

O meu pequenino de três anos tem problema de possessividade. É "MINHA MAMÃE!", "MEU PAPAI!", "MINHA CASA!". Sempre assim, incisivamente. Os irmãos não pedem deitar na cama dos pais, os priminhos não podem pegar nos brinquedos. Tudo é propriedade dele.
É um caso sério e eu converso com ele quase todo dia sobre isso.
O cúmulo aconteceu um dia desses. Eu cheguei do trabalho e começou o seguinte diálogo:
- Oi, coração!
- Mamãe, o que tu tá fazendo na minha casa?
- Meu filho, eu moro aqui, não é?
- Mas essa é a MINHA casa.
- Sim, mas é minha também!
- Num quelo que tu fique aqui! (ele devia estar irritado com algo)
- Então eu vou morar onde, meu filho?
- No "fólum"!
Depois de muita conversa ele aceitou que a casa não é só dele. Mas o pequeno é obcecado pela nossa casa. Fica na casa da avó um tempo, depois começa: - Quelo i pa minha casa! Quelo i pa minha casa!
Então ele repete isso umas trocentas vezes até a gente ir pra casa mesmo.
Filhos... Como criá-los?

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...