11 de mai de 2011

Beber ou não beber. Eis a questão!

Estava lendo o blogo do André Forastieri e ele estava comentando sobre uma pesquisa nos EUA sobre bebida. Vou colocar uns trechinhos:

A razão é que ninguém chega a conclusão nenhuma sobre se beber faz mal, bem ou mais ou menos.
Quer dizer: até agora. A maior e mais detalhada pesquisa sobre o consumo de álcool nos EUA acaba de terminar. O resumo do resultado é o seguinte:

- quem bebe vive mais do que quem não bebe

- quem mais vive é quem toma até sete drinks por semana, e não mais que três no mesmo dia

- mas mesmo quem bebe bastante, vive mais do que os abstêmios

Ou, como cantava Elizeth Cardoso: tem gente que já tá com o pé na cova, não bebeu, e isso prova que a bebida não faz mal.
O estudo, para você não ter nenhuma dúvida que é sério, saiu na publicação especializada Alcoholism: Clinical and Experimental Research, que é justamente sobre alcoolismo. Levou vinte anos para ser feito.
Levou em consideração todas as outras variáveis possíveis - status socioeconômico, nível de atividade física, qualidade de apoio social, de número de amigos, casado ou não etc.
É a coisa mais próxima de um estudo estatístico definitivo sobre álcool que já foi feito. E contradiz outras pilhas de pesquisas clínicas que ligam o álcool a vários tipos de câncer e outras desgraças.
Os pesquisadores não sabem explicar o porquê deste resultado. No máximo, arriscam dizer que quem bebe se estressa menos.

Não consegui achar a bendita pesquisa, mas achei legal.
Caipirinhas, aqui vou eu!!

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...