7 de fev de 2011

CHARLES BUKOWSKI - Notas de Um Velho Safado

Estava numa livraria no shopping que é uma beleza. Na verdade é uma revistaria metida a livraria, então tem um monte de coisas legais e baratas que só tem em bancas de revistas. Montes e montes de livros baratos, edições de bolso, uma beleza para o bolso de leitores compulsivos.
Não faço questão de comprar edições belas e caras, pois tudo acaba muito rápido. Então achei essa editora L&PM Pocket, da qual os livros são pequeninos, baratinhos e com títulos diferentes dos títulos da Martin Claret.
Resolvi ler autores que ainda não tinha lido e comprei Notas de Um Velho Safado, de Charles Bukowski. Já tinha ouvido (lido) falar dele em algum lugar (texto) que não me lembro.
Na contra capa diz que o Bukowski é um escritor americano maldito. Maldito? É comigo mesmo. De fato, Notas de Um Velho Safado é um conjunto de histórias excepcionais saídas de uma vida violenta e depravada, sem objetivos a não ser conseguir a próxima garrafa de uísque ou vinho, o dinheiro para pagar um quarto barato de hotel ou a próxima buceta sifilítica e mal lavada.
Algumas histórias são tão escatológicas que é de se duvidar que Bukowski as tenha realmente vivido, mas quem sabe. Outras são verdadeiramente autobiográficas. Essas histórias, na maioria das vezes, são contadas como se tivessem sido vividas sob um notável porre. Ou sob uma memorável ressaca.
Estão sempre presentes repulsa, ódio, amor, nojo, paixão e melancolia.
Los Angeles e a Califórnia são como que personagens nas histórias de Bukowski. Ele nasceu na Alemanha e aos três anos foi para LA, onde morou por mais de cinqüenta anos e morreu aos 73 em 1994.

Buk sempre mamando.

Algumas citações de Bukowski:
Algumas pessoas nunca enlouquecem, eles devem levar uma vida, verdadeiramente, horrível.

Sexo é interessante, mas não é totalmente importante. Eu quero dizer que o sexo não é tão importante (fisicamente) como a excreção. Um homem pode ficar 70 anos sem comer um rabo, mas ele pode morrer em uma semana sem o movimento dos intestinos.

É possível amar um ser humano se você não conhecê-lo muito bem.

O mau gosto cria mais milionários que o bom gosto.

Nunca se levante da cama antes do meio dia.

A diferença entre uma democracia e uma ditadura é que na democracia você vota primeiro e é tiranizado depois; numa ditadura você não precisa perder seu tempo votando

Se você está perdendo sua alma e sabe disso, então, você ainda possuí uma alma para perder.

Pessoas entediadas. Todas sobre a terra. Todas propagando mais pessoas entediadas. Que show de horrores, a terra infestada com pessoas entediadas.

Você começa a salvando o mundo, salvando uma pessoa de cada vez; o resto é romantismo ou politicagem.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...