7 de jan de 2011

Ivan Martins

Esse colunista da Época escreve cada coisa que eu acho que ele não existe. As colunas dele, Nossa Intimidade, são sempre uma maravilha. Olhem um trechinho de uma:

Dito isso, eu acho a intimidade essencial e imensamente prazerosa. Todos os tipos. Conversar intensamente com uma mulher, por exemplo, não é apenas um meio para se chegar à intimidade física. É um prazer em si mesmo. Algo que os homens deveriam fazer com menos pressa e com mais cuidado. Desfrutar da intimidade afetiva de uma mulher é um privilégio que frequentemente tem conotações eróticas, embora possa jamais tornar-se físico. É prazer sem sexo, assim como existe sexo sem prazer.

Adoooro!

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...