22 de jan de 2011

Histórias de carro

O meu marido dirige muito o dia inteiro (mas não é motorista profissional). Então os membros inferiores dele não são as pernas, mas sim as rodas.
Assim, tem histórias e eu conto, of course!

Essa semana ele teve que ir a Abaetetuba por causa de falecimento de um familiar. Então saiu de casa bem cedinho e foi catando os irmãos e irmãs em suas casas para viajarem juntos. Eram cinco na viagem.
Na última parada, casa da irmã, ele deixou o carro dele e todos foram no carro da irmã, com meu marido dirigindo.
Na balsa, ele foi comprar dois cafés. Quando voltou começou a procurar o carro DELE. Deus duas voltas completas na balsa procurando o carro DELE com os cafés quentes não mão.
Já estava pensando que o carro tinha caído na água com todo mundo dentro. Hehehehehe.
Numa dessas voltas achou o irmão e perguntou onde, pelo amor de Deus, estava o carro.
- Aqui, ó! - disse o irmão.
Só nessa hora ele lembrou que estava dirigindo o carro da irmã, não o dele.
kkkkkkk

Outra: ele saiu do banco e não conseguia de jeito nenhum abrir o carro. A chave já tava ficando torta, já tinha forçado todas as portas. Quando ia chamar o chaveiro, o flanelinha chegou e perguntou:
- O que o senhor quer com esse carro?
- Eu não consigo abrir essa porcaria!
- Mas acho que esse carro não é seu, não...
E não era mesmo. O dele estava mais adiante.

Outra: ele estava na frente do shopping da doca me esperando. Um homem abriu a porta, sentou e disse:
- Para a Presidente Vargas!
- Doutor, desculpa, mas isso aqui não é taxi não. (o carro é branco).
kkkkk

Eu também não posso nem encarnar muito, pois já entrei em carro errado pensando que era do meu marido...

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...