24 de dez de 2010

Historinhas

Eu saí com o meu marido, já que eu tinha algumas coisas para fazer e ele também. Ele foi ao escritório de um cliente dele e demorou quase uma hora lá dentro e eu esperando no carro.
Quando ele saiu eu comecei a reclamar, dizendo que a gente ia a outros lugares, enfrentar engarrafamento, que as crianças estavam sozinhas em casa e tudo mais.
Ele começou a me explicar que o homem falava muito, contava histórias compridas e sem fim e meu marido não conseguia cortar o assunto e fazer o homem passar logo o cheque.
Então meu marido começou a me contar, para provar, as histórias que o homem contou para ele. A que me chamou mais a atenção foi o caso do cavalo roubado.
Disque esse empresário tem dois irmãos: um mais rico que ele e o outro muito lascado. Esse irmão lascado
comprou um cavalo por quinhentos reais e começou a fazer carretos com uma carroça, levando tudo quanto é coisa pra todo lado.
Um belo dia, um juiz federal, dono do cavalo, passou perto da carroça dele na rua e reconheceu o cavalo. Era um manga larga desses que tem um haras só pra ele. O dono quase morre de susto de ver o cavalo maravilhoso de raça dele trabalhando no sol quente puxando carroça. Chamou a polícia e levou o cavalo. O carroceiro disse que tinha comprado o cavalo por quinhentos reais. O juiz disse que gastava isso só com o xampu do bicho.
O cavalo principe teve seu período de plebeu!

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...